Pavilhão Auditivo Digital

Simula o efeito do pavilhão auditivo natural para melhorar a localização de frente para trás dos utilizadores de aparelho auditivo.

O ouvido tem algumas características direcionais naturais, devido principalmente à presença e formato do pavilhão auditivo (ouvido externo). Estes efeitos do pavilhão auditivo são importantes para a capacidade de decidir se um som está a chegar pela frente ou por trás, em especial para frequências de cerca de 2-8 kHz. Um exemplo é o efeito de sombra do pavilhão auditivo. Os sons provenientes pela frente chegam ao canal auditivo de forma quase direta, ao passo que sons provenientes de trás são obstruídos pelo pavilhão auditivo e portanto atenuados antes de chegarem ao canal auditivo. Este efeito de sombra é mais pronunciado para frequências de cerca de 2 a 5 kHz, ao passo que os sons que chegam de trás são atenuados em 3-4 dB em relação aos sons provenientes da frente. Esta diferença natural de 3-4 dB de nível sonoro é importante para o ouvinte saber se a fonte de som está à frente ou atrás. A localização do microfone poe ter um efeito negativo na capacidade dos utilizadores de aparelho auditivo em distinguir de onde o som está a chegar. Mais especificamente, em aparelhos auditivos retroauriculares (BTE), onde os microfones estão localizados por trás do pavilhão auditivo, não sendo preservado o efeito sombra do pavilhão auditivo, o que leva a que o utilizador de aparelho auditivo perca alguma da capacidade de distinguir frente e costas.
O efeito de sombra médio do pavilhão auditivo. Os sons provenientes de trás são atenuados em 3-4 dB relativamente aos sons provenientes da frente.

O Pavilhão Auditivo Digital simula o efeito de sombra do pavilhão auditivo natural

Em BTE s com o Pavilhão Auditivo Digital, o efeito de sombra do pavilhão auditivo natural é simulado por meio de uma restrição no localizador adaptativo. Mais especificamente, nós conseguimos recriar a atenuação natural dos sons vindos de trás configurando as bandas de frequência desde 2 kHz e acima (bandas 10-15) num modo direcional fixo (hipercardióide, que capta o som vindo da frente e elimina a maioria do som dos lados e atrás) deixando ao mesmo tempo as bandas mais baixas (1-9) em modo omnidirecional. O sistema de microfone em aparelhos auditivos com Pavilhão Auditivo Digital permanece um sistema adaptativo onde o Pavilhão Auditivo Digital foi ativado. Em ambientes auditivos silenciosos, as bandas inferiores (1-9) estarão em modo omnidirecional, ao passo que as bandas superiores (10-15) estarão em hipercardióide conforme descrito acima. Em ambientes auditivos ruidosos, o modo de microfone das bandas inferiores pode adaptar qualquer característica de omnidirecional para bipolar, enquanto as bandas superiores passam de hipercardióide para bipolar para oferecer o máximo possível de inteligibilidade da fala.

EXPERIMENTE O SOM REALISTA DO WIDEX DREAM

O último a juntar-se às nossas séries de aparelhos auditivos excecionais, o WIDEX DREAM™ veio definir um novo padrão de desempenho para aparelhos auditivos.

Tem questões que queira colocar sobre os nossos produtos ou serviços?

Entre em contacto connosco

Contacte-nos

O nosso Atendimento ao Cliente está preparado para responder às suas questões. 

Ligue**+351 21 355 9308** ou clique abaixo:Contacte-nos

Escolha um país

Widex - Reabilitação Auditiva, Lda

Avenida Duque Ávila 141, 6º

1050-081 Lisboa

Portugal